Pelé jogou com chuteiras chamadas Puma King e marcou muitos gols com elas

A Copa do Mundo é uma grande exibição não apenas de forma chamativa, mas de algo ainda mais especial. Esta é a fase onde os fabricantes apresentam os seus mais recentes designs de botas e, por vezes, as suas colaborações são tão marcantes que ficam gravadas para sempre na nossa memória. Estas parcerias são lendárias e deixam uma grande marca nos nossos corações e mentes.

Pelé com chuteiras Puma

Puma Rei (desde 1970)

Dê uma olhada em sua lista estelar de embaixadores. A história desta linha marcante começa com Eusébio, que conquistou o título de artilheiro com impressionantes 9 gols na Copa do Mundo de 1966. Este jogador português marcou todas essas belezas calçando as chuteiras Puma Wembley, antecessoras do Rei.

Botas King Pelé

Dois anos depois, depois de alcançar o sucesso, a marca alemã trouxe o poderoso rei Puma para a cena. E foi esse modelo que Pelé anunciou de forma inteligente durante a final da Copa do Mundo de 1970. Momentos antes de uma partida importante, Pelé pede ao árbitro que lhe dê um tempinho para amarrar o cadarço. A jogada inteligente funcionou perfeitamente e o diretor de transmissão caiu nessa, oferecendo aos telespectadores de todo o mundo uma visão de perto da lenda brasileira e do icônico logotipo da Puma. Pelé, proclamado rei do futebol, conquistou seu tricampeonato.

Quatro anos depois, ninguém menos que o lendário Johan Cruyff tornou-se o rosto da Puma. O profissional holandês ficou tão apaixonado pela marca de Rudolf Dassler que se recusou categoricamente a usar a camisa de três listras Adidas de seu time. Os figurões da federação tiveram que ser criativos e remover uma listra da camisa de Cruyff. Mas no final, Johan entrou em campo em seu querido Puma King e deixou todos maravilhados, levando para casa o prêmio de MVP do torneio.

Pelé amarra as chuteiras

Um momento com Diego Maradona

Vamos relembrar o lendário momento “Mão de Deus” de Maradona e seu gol do século contra a Inglaterra na Copa do Mundo de 1986. Esses momentos mágicos aconteceram quando ele calçou as botas Puma King. Durante este torneio, Diego recebeu o prêmio principal e, naturalmente, foi reconhecido como o melhor jogador do torneio.

Na Copa do Mundo de 1990 foi a vez do incomparável Lothar Matthäus dominar o campo com seus Puma Kings. O capitão alemão levou a sua equipa à vitória, conquistando o título do campeonato, e ainda adicionou o prestigiado prémio Ballon d’Or à sua coleção.

Mas Puma King não se trata apenas de jogadores lendários. É também uma questão de inovação. A marca alemã revolucionou o jogo ao criar chuteiras mais leves que a concorrência e até ousou adicionar toques de cor à era das chuteiras pretas.

Botas de jornal Pelé

Neymar deixou sua marca com a icônica linha Puma King. Em 2020, a King Platinum x Neymar se tornou a primeira chuteira com a assinatura de Neymar após sua mudança para a marca alemã.

Avalie este artigo
Pele
Adicione um comentário