Brasileiros se lembram de Pelé como uma lenda do futebol

Pelé novo

No Brasil, foram realizados eventos comemorativos em memória do tricampeão mundial Pelé no aniversário de sua morte, conforme noticiado pela AP.

Durante a cerimônia, acompanhada de música orquestral, uma projeção da camisa da seleção brasileira com o número 10 e o nome de Pelé foi exposta na estátua do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro.

Também foi veiculada uma mensagem, enviada pelo Papa Francisco (Pelé era um católico devoto), afirmando: “Edson Arantes do Nascimento, que ficou universalmente conhecido como Pelé, sem dúvida foi um atleta que incorporou todas as qualidades positivas de um esportista em sua vida. A memória do ‘rei do futebol’ permanece indelével na mente de muitos e inspira as novas gerações a procurarem a unidade através do desporto.”

Outras cerimônias religiosas aconteceram no Museu Pelé, em Santos, e na cidade de Três Corações, onde Pelé nasceu em 1940.

O clube de futebol Santos homenageou seu ex-jogador no Estádio Vila Belmiro, onde Edson Cholbi do Nascimento, um dos filhos de Pelé, lançou 10 balões brancos para o céu a partir do círculo central.

A FIFA também expressou seu respeito pela memória da lenda brasileira ao lançar um vídeo mostrando os momentos memoráveis ​​de Pelé, intitulado “O legado de Pelé viverá para sempre”.

No início deste ano, os criadores da variante brasileira do dicionário da língua portuguesa homenagearam Pelé acrescentando seu nome como um adjetivo que pode ser usado para descrever alguém como “excepcional, incomparável, único”.

Pelé faleceu no dia 29 de dezembro de 2022, aos 83 anos, vítima de câncer de cólon.

Avalie este artigo
Pele
Adicione um comentário